Palavras ao Vento Literatura

terça-feira, 15 de março de 2016

AS VEZES




AS VEZES

As Vezes Eu gostaria de estar
novamente Enamorado,
mas ai, seria sofre um bocado.

As Vezes, não queria mais estar aqui,
mas, ainda não dá pra sair daqui.

As Vezes, da vontade de comer caqui,
e se possível, ouvir o Bem-te-vi.

As Vezes, não queri ter passado pelo que passei,
mas isso, é vontade de muita gente,
pode ser, não sei.

As Vezes, penso no subjetivo do Valor,
e só encontro subterfúgios,
com muita dor.

As Vezes, da vontade de vagar por aí,
pra ver se encontro um enxame de Jataí.

As Vezes, melhor mesmo é não querer nada,
e só observar da passarada a revoada.

( 15/03/2016 )